27 de agosto de 2007

Passeio BTTour - CHIQUEDA - Os single-tracks! - 9 de Setembro 2007

Um passeio cheio de adrenalina e emoção, onde os single-tracks (carreiros) estão CONSTANTEMENTE presentes, fazendo as delícias de qualquer betetista, numa pequena mata por vezes bem cerrada, onde a penetração dos raios solares encontra alguma dificuldade, dando origem à presença da ribeira do Mogo. Chiqueda de Baixo é o nome da localidade onde tem início este excelente passeio, lá para os lados de Alcobaça e Aljubarrota e o IC2 (antiga EN1).

Prazos de Inscrição: 6 de Setembro
Métodos de inscrição: http://www.bttour.com/ctn_inscricao.asp
Contactos da Organização (telefone,e-mail, etc): 214783153 bttour@bttour.com
Tipo de Evento: Passeio guiado com percurso Técnico de Single-tracks
Local de Secretariado/concentração: Chiqueda de Baixo (Alcobaça)
Data: 9 de Setembro
Entidade Responsáve: BTTour
Quilometragem: 33 Km
Nível de Dificuldade: ***

Em Forum BTTour tem algumas imagens e comentários sobre o passeio

COMO CHEGAR
De Lisboa: Apanhe a auto-estrada A8 (a AE do Oeste), que tem início no final da calçada de Carriche. Siga sempre em frente e, depois de passar as saídas de Óbidos e Caldas da Rainha saia em direcção a Alcobaça. Já no interior de Alcobaça siga na estrada N8 em direcção a Aljubarrota e, antes de chegar aqui, deverá cortar à direita para Chiqueda de Baixo. O local é neste lugar, a escassos quilómetros entre Alcobaça e o IC2

Distância de Lisboa: cerca de 115km
Duracção: 1H30

Este é um passeio BTTour que se realiza graças à generosidade e amizade de uns amigos e clientes da BTTour de longa data, que moram para os lados da Marinha Grande e que, por vezes, vão para este lugar desentorpecer as pernas. É um passeio cheio de trilhos sinuosos, serpenteantes, onde a nossa constante atenção é exigida para escolhermos bem o lugar onde a nossa roda deverá pisar. Não é um passeio de velocidade, mas sim, um passeio de destreza e de habilidade.
Sendo ele sempre ciclável, encontraremos várias subiditas e desciditas constantes, curvas e curvinhas, ...onde só cabe mesmo a largura das rodas das nossas bicicletas, drops, degraus naturais para subir e para descer, ...enfim, uma brincadeira pegada! É UM ESPECTÁCULO!!! ...É QUERER E CHORAR POR MAIS! O piso é fixo mas algo pedregoso, já que o local deste passeio se situa entre a cidade de Alcobaça e o Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros (PNSAC). Portanto, e contrariamente à vegetação deste Parque Natural que é maioritariamente rasteira, a vegetação que aqui iremos encontrar é por vezes BEM CERRADA, mesmo muito, fazendo por vezes lembrar o Parque de Monsanto, em Lisboa, e por vezes a exuberância da Serra de Sintra. Por estarmos muito próximos do conjunto calcário montanhoso do PNSAC a morfologia do terreno deste percurso apresenta-se por vezes algo pedregoso (resquícios da influência dessa candeia montanhosa), fazendo por vezes parecer que pedalamos dentro desse famoso Parque Natural.

É um passeio LINDO, MÁGICO, numa mata cerrada, que originou a formação da Ribeira do Mogo, que vai dar origem à formação do Rio Alcoa, que deu o nome a Alcobaça. ...E esta heim?!

APARECE, NÃO TE VAIS ARREPENDER!!!

Caso seja da zona de Lisboa poderá ir na carrinha BTTour a custos mais reduzidos do que se levar a própria viatura.

Nenhum comentário: